Estudar em Montreal é….

Estou começando meu terceiro semestre e curtindo muito o curso. E agora acho que ja posso fazer comentários.

Estudar em Montreal é:

  • ter professores super rígidos com horário – sim, alguns vão te proibir de entrar depois da hora. Outros são super legais e te dão 5 minutos! E uma foi muito legal e disse “ah tudo bem tem dia que as coisas dão errado e a gente se  atrasa. Então se você chegar 8 minutos ta tudo bem” hahaha pra mim é irônico porque estamos acostumados com 10 ou 15 min e ninguem conta no relógio então… Teve uma menina no primeiro semestre que se atrasava pra primeira aula todo dia. Ela perdeu mt aula. Por outro lado o único prof de exceção ele não podia se importar menos. Desde que você não perturbe a aula e entre em silencio tá tudo bem.
  • ter colegas de classe (e eventualmente amigos) de toda parte do mundo – no primeiro semestre pelo menos 10 dos 30 era da china ^^ dai um do Marrocos, Coreia, Venezuela, França, Pérsia. Mas claro tambem tem gente que nasceu aqui. Só que eles não parecem maioria rss (Talvez porque seja o LaSalle…)
  • ter professores com sotaque –  assim como você e os outros alunos muitos professores não são daqui e ainda carregam um sotaque que pode ser muito forte. O que é um desafio.
  • ter horários e buracos no horário muito louco! – as vezes rola de ter um intervalo de 4 horas! Mas tambem tive dia das 8h as 18h só com intervalos de 10 min. Cada dia é uma dia…
  • ter que ler Shakespeare – sempre percebi nos filmes que ler Shakespeare aqui (na america do norte) é tão básico quanto saber o alfabeto. E esse semestre terei de lê-lo >__< Que eu fique fluente no old english lol
  • ter professores preparados – eu tenho a sensação que muitos (porem não todos) dos meus profs são muuuito bem preparados pra dar aula. Eles não são apenas pessoas que trabalham com aquilo, mas geralmente são cabeças. Veja bem, eu estou estudando Gerenciamento Hoteleiro. Um dos profs viajou treinando novos funcionários de cada novo Sheraton da região (tipo Europa/Oriente Médio se não me engano), a outra é Geral Manager de um hotel. A outra é trabalhou com consultoria por anos e agora ela tem uma empresa de consultoria. O outro é gerente de um restaurante gigante!
  • ter um colégio com aulas praticas –  tá, pode ser que no Brasil tambem tenha aulas praticas, mas de forma geral era tudo muito teorico em sala. OBS: fiz senac onde eles se dizem ser praticos. Bom, aqui minha aula de Alimentos & Bebidas é de fato num restaurante servindo cliente. Aula de contabilidade com um sistema de contabilidade pra postar vendas, compras, despesas e todo esse mimimi como fazem numa empresa e fato. Assim como Lodging a gente teve o sistema (que é o mesmo no hotel da prof) pra fazer reservas check in e check out. E ainda vou ter uma aula em um bar (cada aluno tem o seu e a bebida é agua colorida! hahaha so o prof tem alcool mesmo ^^)
  • ter agenda escolar que começa em agosto e termina em julho – eu acho muito estranho, mas como o ano escolar daqui começa agora nesse período (fim de agosto inicio de setembro) as agendas seguem o mesmo padrão. Daí o primeiro mes da agenda é agosto xD Bizarro.
  • ter aula com o quadro digital – nunca tinha visto na vida, mas é um misto de ~lousa~ e projetor. Só tive uma aula ate agora com o coisa ligado, mas aparentemente você pode fazer um monte de coisa. Mas só vi como projetor mesmo. (foi dificil achar um video, então vai esse mesmo. clique aqui. da pra ter uma ideia).

Bom, esses são algumas das coisas que notei aqui. Talvez eu esteja meio ultrapassada nos meus conceitos sobre o Brasil ou talvez seja do jeito que eu lembro. De qualquer forma eu gosto, curto e me dedico muito (mais do que nunca na vida) aos estudos aqui.

Ela

Mudanças para estudantes internacionais em Junho 2014

Fiquei meio tensa com isso porque atualmente esse é meu  o caso. Dai fui passar o olho pra saber do que se trata e apesar de ja ter todos os documentos lindos e prontos aqui guardadinhos a frase “Any international student in Canada may be affected by one or more of these changes.” me preocupou. Dai eu tive que ver a tabelinha e acho que não vou ter problemas. E vou ate dizer que tem uns pontos positivos. Acho que mencionei num outro post (ou sera que só li sobre??) que na nova regra a propria permissao de estudo deixa vc trabalhar eliminando a necessidade da permissão de trabalho. E vi agora que quem estiver esperando a decisão da pós aqui vai poder trabalhar full-time dentre outras coisas. Legal, não? Por outro lado eles mexeram no Co-Op que é aquele intercambio em que você trabalha. Mas confesso que não entendi direito qual foi a mudança. Sei que antes era qualquer aluno e agora não vai ser mais assim…

Veja a matéria toda no site do CIC News. Quem quer ficar por dentro das coisas vale ir no subscribe e receber por email. É assim que eu to me mantendo mais ou menos informada sobre o que rola no CIC (aka imigração). Eles tambem tem um artigo sobre o seguro saúde para estudantes internacionais.

Ela

Vou te contar um segredo!

Olá!

College La Salle

Como comentei mais ou menos no ultimo post com as perguntas (o antes dos gráficos do blog) tem uma coisa que eu não comentei aqui no blog pelo simples fato de não dar azar e só falar quando tiver certeza! E ainda assim to meio incerta de abrir minha boca. Mas desde outubro eu venho resolvendo isso. Me inscrevi no College La Salle para um DEC ( Diplôme d’études collégiales ) em Hotelaria! Yey! E sim, meu alvo é imigrar pelo PEQ que já comentei aqui algumas vezes.

Diferente do Trabalhador Qualificado, no PEQ é preciso ter um diploma aqui (mas não qualquer diploma. Veja os aceitos) ou ter trabalhado aqui num período de 12 meses (tambem não é qualquer trabalho. Veja aqui). E não tem contagens de pontos! É só estar dentro dos critérios! =) Porem é muito mais caro, no sentido que você tem que pagar um curso desses no valor de estudante internacional…

Eu posso mudar de ideia a qualquer momento e perceber que não gosto da cidade ou do clima ou das pessoas ou do francês ou da comida ou que sinto falta da família e amigos ou sei la o que terminar o curso e voltar pro Brasil. Mas eu vou ter a chance de conhecer a cidade ao longo do curso e fazer uma decisão com conhecimento. Espero poder dizer que ‘sim, eu quero morar aqui’ ou que ‘não por isso ou por aquilo’. De qualquer forma o diploma me é útil. Se voltar pro Brasil eu tenho um diploma de fora. Se ficar aqui eu tenho um diploma daqui e fica mais fácil arrumar emprego. De bônus tudo é uma experiencia.

Eu sou nova, tenho 24 anos e é a primeira vez que estou morando sozinha, cozinhando pra mim, vou ter contas pra pagar e estou pedindo meu primeiro cartão de crédito. Ah estou num país sozinha estudando em outra língua!  É muita coisa pra processar. E. crises a parte, estou me adaptando bem ^^. Tenho uma mãe incrível que está me dando muitiiiiissimo apoio.

DSC05377

Preciso dizer que ainda estamos no meio ode janeiro e eu já começo a entender a ansiedade pela primavera-verão. O que tem me incomodado nem é o frio em si, mas o dia curto e o escurecer cedo. Mas la pra março a gente entra no horário de verão e isso ja deve melhorar um pouco. Por falar em frio queria fazer um post sobre frio/inverno, mas vou falar aqui mesmo. Depois do suuuper frio do natal e ano novo chegando na sensação de -40, +5C ficou agradabilissimo! Adorei os últimos dias acima de zero! O único ruim é quando a neve derrete pela metade ou chove e congela bem no meio da calçada deixando gelo por todo lado. Um perigo! Ja me falaram que tem sido um inverno meio atípico. Primeiro porque aparentemente não neve tanto em dezembro (nem achei mt) e as temperaturas tambem não ficam tão baixas assim logo de cara. Mas fiquei sabendo que foi um tal de Vortex Polar que causou temperaturas essas baixas (que deu mais problema nos EUA). Alias só pra constrar viram que eu postei na pagina do facebook do Quebecleza! que Niagara congelou parcialmente!??! Achei um maaaximo! E descobri que ela congelou completamente só uma vez! Fotos incríveis nesse artigo.

Bom, me mudei pro centro, renovei o CAQ, renovei  permissão de estudos e já estou segura de estar aqui legalmente pelos próximos anos =) Infelizmente estou sem criatividade do que postar e acredito que logo estarei ocupada com o curso (sim, as aulas já começaram!), mas respondo perguntas sem problema 😉 Mas lembre-se é um secredo! Shhhh! rs

2014-01-13 07.47.20

Surpreendida pelo lindo nascer do sol indo pra aula

Ela

Estudante por um dia num college

Resolvi participar do Student for a day/ étudiant d’un jour num college. E foi interessante!

Primeiro que sobrevivi ao french-english daqui. Por mais que ja tenha visto antes nunca fiquei nessa o dia todo rss Por um lado foi meio chato porque quando você entende os dois (ebaaa que consigo acompanhar!!! =D ) fica repetitivo… Por outro, como eu disse foi a primeira vez que eu passei por um dia de french-english-ismo (to inventando palavra ja rsss), e aconteceu de alguem se empolgar num das linguas e esquecer de traduzir e quando lembra fazia um resumo. Entao, é melhor entender os dois mesmo u_u

Então vamos ao programa do dia. Foi de 9h as 14h30 (com atraso virou 15h) no proprio College. Tinha um grupo legal. Dai a gente se separou por area de interesse: hotelaria , turismo restaurante (eu, eu, eu!) ;  moda; tecnologia da informação; educação pra crianças etc. Depois os coordenadores, professores, responsaveis de cada area levou o grupo pra uma salinha e foi falar do curso e tirar algumas duvidas. Rolou a enquete de quem fala ingles quem fala frances antes de começar, claro. E continuamos do french-english… Dai perguntaram quem quer fazer o que mais precisamente (turismo, hotel ou chef). E eu era a unica que não mora aqui (no sentido de que eu não immigrei, nem cresci aqui). De forma geral todo mundo saindo do high school e umas 3 pessoas mais velhas. Ah e eu , no meio, nem la nem ca rsss

Depois de mais ou menos uma hora disso tivemos uma pausa de 15 minutos e fomos pra outra sala, com outro professor. Pelo o que eu entendi era um ateliê, mas sei la o que isso significa nesse contexto…. Ele falou de vinhos, 5 sentidos (mais do olfato e paladar) foi bem legal. Tambem durou uma hora. Depois almoço! Sim eles deram um almoço pra gente. Dai eu comecei a conversar com umas 3 pessoas e depois um professor sentou a mesa e dominou a conversa. Ele é grego! E os outros pretendentes a estudante eram de background italiano, marroquino, chines. um menino que veio de NY e por assim vai… na metade final do almoço tinham o pessoal que faz a admissão tirando duvidas lá. Depois fomos pra uma similação de aula de 45 minutos. Foi mt legal. Ela fez a gente interagir porque a ideia deles é mãos na massa (hands-on). E por fim fizemos um tour com o professor do almoço.  Foi o tour mais fora de ordem ever! Começamos de baixo, fomos pro 4 andar, descemos de escada ate o 3 fomos no 6, depois no 8, depois o 2 (que foi onde começou o student for a day) depois no andar que a gente começou tour. Fez sentido pra você? Pra mim não…

Ah vou aproveitar pra fazer que fui no portas abertas (open house/ portes ouvertes) do ITHQ (instituto de turismo e hotelaria do Quebec) e foi mais rápido e mais organizado. Você tem que se inscrever (bom, no outro tb) e dai você vai no horario marcado e tinha um grupo la naquele mesmo horario – parece. Dai uma aluna guiou a gente- de cima pra baixo- e foi falando coisas sobre os cursos e o colégio. Dessa vez tava só em francês. E no fim tinha tipo uns stands com os responsaveis dos cursos pra tirar duvidas. Durou tipo uma hora tudo.

Achei valido…

Ela.

Época de imaginar estudar no Canadá

Ano passado eu enchi o saco falando dessa feira rss. Fui nela, imaginei e cá estou, estudando no Canadá =D

2013

Para os que pensam em vir de intercambio ou para fazer um curso universitário, pós, etc é uma boa change pra conversar com os representantes das escolas e tirar algumas duvidas. Eles são super simpáticos (afinal, são canadenses hehehe). As palestras também são super interessantes!

 

Então aos interessados fica aí a dica Feira Imagine Estudar no Canada 2013 – é a terceira edição! Eles vão passar em Recife, São Paulo e Porto Alegre agora em Setembro de 2013 (não entendi porque eles não passam no Rio…). Se você não poder ir eles tem a lista das escolas, Universities e Colleges tudo la no site. Tambem tem a pagina no Facebook. Ano passado a inscrição foi de graça e acho que continua assim.

E aos que pensam em fazer esses programas de estudo + trabalho vale lembrar que ta rolando um boato que eles vão acabar com isso. Então é melhor se resolver pra esse ano porque pode ser que eles parem de vender o programa ainda esse ano… Mas se você comprar a tempo ta tudo certo! Vale pesquisar sobre. Ja comentei sobre isso aqui e aqui. Eu vim pra cá com esse programa  e posso dizer que as coisas estao mudando mesmo pra quem ja está aqui. Estão  reforçando a fiscalização do programa e com sorte o governo se contente com isso e não acabe com o programa.

Então é isso rs

Ela

Sumi, mas to viva (era uma vez o PEQ)

Sentiram minha falta? será?

Mudar a rotina tem dessas coisas. Incrivelmente eu passava mais tempo nos blogs quando trabalhava do que agora que estou em casa hahaha que coisa não? Me desatualizei muito dos blogs amigos, mas de vez em quando eu do uma olhadinha (mesmo que não comente nada).

Tive umas reviravoltas (quase fui trabalhar em outro estado) e isso me consumiu um pouco (pq será….). Mas deixei isso de lado e voltei ao plano original (que são mais idéias do que planos rs).

Como falei algumas vezes queria muito ir pelo PEQ pelo simples fato de parecer mais simples e mais certo. MAS fui percebendo a inviabilidade de conseguir isso. Mas vou começar pelo começo.

Eu ja fui pra Vancouver e quando voltei eu coloquei pra mim que se fosse fazer outro intercambio seria estudo e trabalho pra não “perder tempo” e tambem porque o trabalho conta bastante! E eis que eu sinto que tenho a minha ultima chance de fazer um intercambio ja que Mamis meio que me ofereceu essa oportunidade (e sabe-se lá quando eu teria dinheiro pra pagar por isso por conta própria  – em especial para aperfeiçoar o francês. Esse já era o plano pra ano que vem. Com toda essa historia de imigração que voltou a toda na minha cabeça (tinha pesquisado sobre isso faz uns 2 anos) eu procurei ver se poderia trocar uma aula de língua por uma aula de faculdade. Acontece que eu descobri que 20 28 mil Reais (preço médio de um intercambio longo (a partir de 6 meses)) não é o mesmo que 30 35 mil Dolares ao ano. Com o bonus que intercambio se paga uma vez o tal do valor e faculdade não, tem que pagar por ano…

Foi triste desistir de algo que iria trazer um crescimento tão grande tanto pessoalmente quanto profissionalmente alem de, claro, colaborar e muito com a imigração. *todos chora* Na verdade, Mamis preferiria que eu fizesse um curso profissionalizante de alguma forma, mas eu fiquei mostrando pra ela que é caro e eu simplesmente não quero que ela tenha que vender a casa, o carro e alma pra poder pagar isso. Se não ficar confortável pra ela eu não quero.

E assim que eu voltei pro plano de fazer intercambio e conhecer Montreal, aprender francês de uma vez por todas (assim espero) e de quebra ainda ter uma experiencia no mercado de trabalho canadense/quebequence. É, não parece tão ruim assim ^^

E depois de uma rápida entrevista em ingles mesmo pra saber meu nível pro programa  cá estou eu quase fechando meu intercambio. Será que encontro com algum de vocês por lá?

Ela

FEIRA IMAGINE – A SAGA

Sim, eu fui na feira. Saí de casa acho que 10h pra perder o voo de 10h45 no aeroporto pertinho de casa. A vaca da atendente não quis fazer o nosso check in. Não tinamos bagagem e com 20 minutos dava tempo da subir e ir pro embarque! Dava sim! Mas nada como a má vontade. conforme ouviríamos mais tarde em SP, quando vc atrasa um minuto vc perde o voo e paga multa e o caramba, mas quando eles atrasam uma hora ou mais vc simplesmente fica esperando e não te reembolsam em nada! Nada como o mundo (in)justo do capitalismo…

Mamis comprou na Tam Viagens achando que estava comprando na Tam. Acabou que não é a mesma empresa e que ele fazem a sacanagem de bloquear a reserva de forma que não pudemos remanejar o voo para ser o voo seguinte. E de bonus iamos perder a passagem de volta. pq – não sei qual é a sacanagem por tras disso, mas – é como se as passagem estivessem ligadas, entao se perdemos a ida não temos pra que voltar, certo? bom, errado. Compramos a passagem do voo seguinte e acabou que chagando em SP apesar de falar com a Tam pra não cancelar a nossa volta eles não podiam fazer nada, só com a Tam Viagens ¬¬
Ligamos pro 0800. Nada. Nem atendiam. Falamos com uma mulher que podia falar com alguem da tam viagens no aeroporto de conganhoas e veja so, eles nao podem fazer nada tb!!!! AFFF moral da historia: compramos o dobro de passagem de que realmente precisamos! As que compramos com antecedencia perdemos (falaram que poderiamos pedir reembolso, mas imagina o trabalho que isso vai dar…). E sabe quanto custa uma passagem rio x sp de ultima hora? mil e bolinhos! Tem noção?!?!?!?! Mas pra economizar o dinheiro mamis comprou em pontos. Adeus passagens pro canada T_T
Esses pontos estavam reservados para a minha viagem do ano que vem (sabe, eu queria tentar ir pelo PEQ). E advinha! da, tipo, a mesma quantidade de pontos tb! Ainda assim com todo esse atraso a feira só começou as 14h e estavamos a uma meia hora de la.
Ou seja no voo q perdermos chegariamos tipo 12h. Mas pegamos o voo meia hora mais tarde. Chegamos tipo 12h30, mas ficamos vendo a nossa passagem de volta, compramos e fizemos o check in ali mesmo, uma e pouca da tarde para um voo que so pegariamos a noite. Com isso perdemos o tempo que usariamos para almoçar…

Chegamos na feira tipo 14h30, mas claro nos perdemos no shopping hahahaha
A feira estava la linda e organizada cheia dos grigos representantes. A acaba que eu topo com um que fala ingles. Nossa, quanto tempo que eu não falo ingles!! Estagiar no hotel era bom por isso (saudades). Dai quando eu terminei de falar com ele me dei contar que não conseguiria tirar minha duvidas com a galera de quebec pq meu frances nao esta bom o suficiente pra isso. MEDO. E agora???
Passei por um dos stands de quebec e… preferi falar com a menina que fala portugues ^^ dai ela nao sabia de nada e acabei falando cá menina senhora que veio de la. HELP! Ela falava um tiquinho de nada de espanhol (o que depois eu descobriria ser normal. Muito deles falam um tiquinho de espanhol rs), mas acabou falando em frances mesmo. Surpreendentemente eu entendi o que ela falou! =O Mas e pra perguntar? hm… como é que se pergunta mesmo? mamis, –  tb conhecida como a parte que financia – queria saber o valor. Bom, eles sempre falam os valors em partes. o curso custa tanto, a casa custa isso, e alimentacao e transporte a gente estima isso blablabla. mas mamis quer saber o total. Com muitos gestos mamis perguntou. “mas quanto da o total?” muitas mãos durante a frase. Acho que mamis nao sabe, mas pra nossa sorte total é total em frances tambem e a mulher entendeu e disse que é isso 2x (isso sendo o valor semestral do curso, tipo 8.800 e mais um pouco dolares) + 16mil e quebrados do resto. vejamos 16mil + 16mil da tipo 32mil (mais tem que ver direito os quebrados) que em reais da…. O_O
-merci! =)

Fiquei me lembrando que é melhor procurar um curso de linguas, e fazer um intercambio para Montreal e…. desistir do PEQ (vou falar disso em outro post).
Passei por George Brown e lembrei como eu ja tinha achado o meu curso la. Nossa eu compro facil um curso la. GB parece incrivel! Ah eu quero… Mas pensando bem eu nao tenho dinheiro pra pagar isso nao… e agora eu quero Montreal U_U o tio muito gentil me deu um panfleto e veio puxar assunto. “olha mae, eu queria esse curso”.
– hm… vê com ele. Depois vamos comer alguma coisa (eu comi no aviao e ela não. E depois de todo o lenga lenga do aeroporto eu não podia fazer isso com ela né)

Olhando pro lado vi de perfil alguem que me parece familiar…. Resolvi arriscar “william?”
Num é que eu achei o Will (intimidade? que isso?) na nossa faculdade dos sonhos!!? hahaha ja tinhamos falado dela e nós dois gostamos. Parecia apropriado ser ele lá. Me apresentou mais 2 pessoas, mas não guardei nomes (sorry) apresentei mamis mas infelizmente tinha prometido o almoço dela. Afinal ainda queria ver as palestras!
Quando voltamos só deu tempo de pegar os aplausos pra palestra de Quebec. É. calculei mal o tempo…
Dei voltas e mais voltas procurando cursos de linguas pra Montreal  mas só dava Vancouver e Toronto !!! Olha, quem queria/aceitava ir pra Vancouver se deu bem. Tinha um corredor só disso! Toronto tb é muito facil. Ja Montreal…. tinha universidades, mas nao cursos de linguas… =( *todos chora*

Dai eu lembrei que das minhas pesquisas de universidades e lembrei que algumas tem cursos de lingua tb! Entao vamos la tentar. *ai meu frances*
Todos são muito simpáticos e interessados em vender as faculdades/cursos. Então se você der um olhar de curioso no stand alguem fala contigo e/ou te da panfleto. Dai eu sai perguntando se tem curso de língua. Geralmente era só inglês.
Ate achei um curso, mas era no maximo 15 semanas. Achei curto. Eu estava pensando em tipo um ano! Dai perguntei não tem nada maior? Ele sugeriu que fizesse 2 vezes. (curso de lingua é tipo o cursinho de ingles. tem niveis, mas se seu intercambio for de 4 semanas vc fica na turma que se enquadrar no seu nivel e aprende ate onde der. No meu intercambio pra Vancouver fiquei 6 meses acho que comecei no 4 e fui ate o 6 sendo o total de 8 niveis. Dai se eu fizesse duas vezes eu podeira avançar mais) mas ainda assim não parecia certo…

Até que Manitoba apareceu no caminho. Uma menina que falava português me abortou. Falou da Universiry Of Manitoba. Ah, mas eu quero curso de lingua. Eles tem. ah mas eu quero francês  Eles tem (!!?!). Serio? manitoba? hm.. cursos de 12 meses (!). Com tudo (casa, alimentação, transporte, etc etc) incluído fica 2omil dolares! obs não tem que pagar a parte medica, eles dão, digo cobrem! Eles “dão” um seguro pra todo estudante! E se fizer o curso de inglês deles não precisa fazer um TOEFL OU IELTS pra entrar na universidade! E pode imigrar (ta ela não falou essa parte, mas eu sei que pode!)

Achei meu curso!

Nossa, cada coisa que ela fala ficava melhor e melhor!!!! Falei na cara da mulher com as maos na bocheca a la Macauley Calkin “achei meu curso!” Que vontade de cantar “mama i’m in love with Manitoba” a la britney spears hahhahaha
Ate agora estou considerando trair Quebec com Manitoba! Quem diria que tem frances fora de quebec…. Fui pega de surpresa com isso. Ainda assim falei com outros lugares e reparei que iam surgindo agencias que vendem intercambio aproveitando a feira hahaha.

Entre uma palestra e outra achei um colegio que tem pós que ‘aceita’ tecnólogo.  Não sei bem o que ela quis dizer com isso, mas parece bom. Sou formada num tecnologo do senac e quando disse isso la na hora de deixar meu nome ela comentou com a representante do colégio “another one from senac” de uma forma que não tinha como isso ser ruim. Deixou um cartão dela comigo (dela, não do colégio  digo, alem do colégio – o cachorro comeu o papel depois, mas tudo bem eu ja tinha mandado email hahaha)

Ainda bem que eles dao a bolsinha na entrada, pq tem MUITO papel la dentro. eu ja fui de mochila por isso!

Um comentário que eu achei legal que Mamis fez depois que saímos do stand de Manitoba foi “então esse é o seu vestido de noiva” Sabe aqueles programas das noivas escolhendo o vestido e como elas se emocionam quando acham o vestido certo. Então, parece que achei meu curso!

Troquei mensagem com o casal do Oui, mas acabou que nessa correia toda eu nao consegui acha-los (tem noção? Desci pra praça de alimentação umas 4 vezes pelo menos antes da feira acabar) e quando vi a mensagem de que eles ja estavam indo era tarde demais. =(
Depois tentei achar a Dea. Estava subindo da praça quando ela disse que estava na entrada de roxo. Dai eu cheguei la e comecei a perceber que tinha muita agente de roxo. Blusa roxa, lilas listrado com branco. casaco roxao! tipo berinjela  e outros tons. Fiquei ate o final vendo roxos por ali, mas… não sabia o perfil dela tao bem como o do William rs mandei mais mensagem, mas ela não respondeu. Depois ela me falou que a bateria tinha acabado. Fiquei muito triste de não te-la conhecido!!!!!!!! T_T

E por fim tentei rever o Will com calma, mas não deu. Ele estava aproveitando pra sugar as ultimas informações dos colleges enquanto eu jantava antes da viagem de volta. Ele ficou de ir pra pra;a de alimentação  mas não chegava nunca! E como eu tinha aprendido mais cedo naquele dia, é importante ser pontual com aeroporto. Não pude esperar. Sorry!!! Queria muitíssimo ter encontrado e falado com todos vocês, mas foi MUITO corrido pra mim. e não deu. Fiquei triste. Mas se Deus quiser teremos outras oportunidades 😉

Aff, eu e meus textos giga enormes! Mas foi muita coisa prum dia só!

Ass: Ela.