Vou te contar um segredo!

Olá!

College La Salle

Como comentei mais ou menos no ultimo post com as perguntas (o antes dos gráficos do blog) tem uma coisa que eu não comentei aqui no blog pelo simples fato de não dar azar e só falar quando tiver certeza! E ainda assim to meio incerta de abrir minha boca. Mas desde outubro eu venho resolvendo isso. Me inscrevi no College La Salle para um DEC ( Diplôme d’études collégiales ) em Hotelaria! Yey! E sim, meu alvo é imigrar pelo PEQ que já comentei aqui algumas vezes.

Diferente do Trabalhador Qualificado, no PEQ é preciso ter um diploma aqui (mas não qualquer diploma. Veja os aceitos) ou ter trabalhado aqui num período de 12 meses (tambem não é qualquer trabalho. Veja aqui). E não tem contagens de pontos! É só estar dentro dos critérios! =) Porem é muito mais caro, no sentido que você tem que pagar um curso desses no valor de estudante internacional…

Eu posso mudar de ideia a qualquer momento e perceber que não gosto da cidade ou do clima ou das pessoas ou do francês ou da comida ou que sinto falta da família e amigos ou sei la o que terminar o curso e voltar pro Brasil. Mas eu vou ter a chance de conhecer a cidade ao longo do curso e fazer uma decisão com conhecimento. Espero poder dizer que ‘sim, eu quero morar aqui’ ou que ‘não por isso ou por aquilo’. De qualquer forma o diploma me é útil. Se voltar pro Brasil eu tenho um diploma de fora. Se ficar aqui eu tenho um diploma daqui e fica mais fácil arrumar emprego. De bônus tudo é uma experiencia.

Eu sou nova, tenho 24 anos e é a primeira vez que estou morando sozinha, cozinhando pra mim, vou ter contas pra pagar e estou pedindo meu primeiro cartão de crédito. Ah estou num país sozinha estudando em outra língua!  É muita coisa pra processar. E. crises a parte, estou me adaptando bem ^^. Tenho uma mãe incrível que está me dando muitiiiiissimo apoio.

DSC05377

Preciso dizer que ainda estamos no meio ode janeiro e eu já começo a entender a ansiedade pela primavera-verão. O que tem me incomodado nem é o frio em si, mas o dia curto e o escurecer cedo. Mas la pra março a gente entra no horário de verão e isso ja deve melhorar um pouco. Por falar em frio queria fazer um post sobre frio/inverno, mas vou falar aqui mesmo. Depois do suuuper frio do natal e ano novo chegando na sensação de -40, +5C ficou agradabilissimo! Adorei os últimos dias acima de zero! O único ruim é quando a neve derrete pela metade ou chove e congela bem no meio da calçada deixando gelo por todo lado. Um perigo! Ja me falaram que tem sido um inverno meio atípico. Primeiro porque aparentemente não neve tanto em dezembro (nem achei mt) e as temperaturas tambem não ficam tão baixas assim logo de cara. Mas fiquei sabendo que foi um tal de Vortex Polar que causou temperaturas essas baixas (que deu mais problema nos EUA). Alias só pra constrar viram que eu postei na pagina do facebook do Quebecleza! que Niagara congelou parcialmente!??! Achei um maaaximo! E descobri que ela congelou completamente só uma vez! Fotos incríveis nesse artigo.

Bom, me mudei pro centro, renovei o CAQ, renovei  permissão de estudos e já estou segura de estar aqui legalmente pelos próximos anos =) Infelizmente estou sem criatividade do que postar e acredito que logo estarei ocupada com o curso (sim, as aulas já começaram!), mas respondo perguntas sem problema 😉 Mas lembre-se é um secredo! Shhhh! rs

2014-01-13 07.47.20

Surpreendida pelo lindo nascer do sol indo pra aula

Ela

Retrospectiva

Olá!

Vi essa restrospectiva no Frozen Bird e me animei em participar =D

1. Onde você estava quando 2013 começou?

No Rio de Janeiro, Brasil.

2. O que você fez em 2013 que você nunca tinha feito antes? 

Algunas coisas… Se eu lembrar de tudo pode ser que a lista fique grande. Vou citar algumas: minha primeira vez em Montreal, Quebec e Ottawa, primeira vez que comi poutine, primeiro inverno canadense…

3. Você manteve suas resoluções de fim de ano e fará novas para 2014?

Eu não sou muito de fazer resoluções de fim de ano =X

4. Você foi a algum show em 2013?

Festival de Jazz de Montreal e uns outros no verão 😀

5. Você procurará um novo emprego em 2014?

Provavelmente sim…

6. Você bebeu muito em 2013? 

Muita AGUA hahaha

7. Você viajou nas férias? Para onde? 

Acho que isso ja conta como ferias não? De qualquer forma fui pra Niagara, Mont Tremblant, Quebec, Ottawa

8. Qual foi sua maior conquista em 2013? 

Acho que foi conseguir prorrogar a estadia (ops segredo!)

9. Se você pudesse voltar no tempo para qualquer momento de 2013 e mudar alguma coisa, o que seria? 

Hm…. Não sei. Se eu achei aqui cometendo os erros que cometi to feliz. Acho que só me faltou manter e fazer amigos (todo mundo sempre vai embora =/ )

10. Você ficou doente ou ferido? 

Resfriadinhos…

11. Qual foi a melhor coisa que você comprou? 

Eu fiquei muito feliz em sair da Public e finalmente ter um celular maneiro *-* Mas por utilidade eu diria que tudo pro inverno!

12. Quais são as pessoas cujo comportamento mereceu aplausos? 

Mamãe!

13. E quais são as pessoas cujo comportamento você reprovou? 

Algumas situações na minha primeira família aqui em Montreal…  shhhh!

14. Onde você investiu a maior parte do seu dinheiro? 

Eu diria que em viajar e conhecer a cidade e lugares próximos. Foi um verão bem aproveitado u_u

15. O que te deixou muito, muito, muito feliz? 

Conseguir renovar o CAQ e a permissão de estudos =D E claro a visita que mamãe me fez (opa nem contei isso aqui no blog ne)

16. Qual música sempre vai te lembrar de 2013?

iiih tive que pesquisar pq nao sei o nome rss: Robin Thicke – Blurred Lines ft. T.I., Pharrell. Me lembra mais uma pessoa e por consequencia Montreal e por tanto 2013.. ah sei la hahahhaha

17. Comparando este momento com o que você viveu exatamente um ano atrás, você está mais feliz ou mais triste? 

Mais feliz em geral. Mas os ultimos dias tem sido mais .. tensos talvez rs

18. O que você queria ter feito mais?

Falado francês =X

19. O que você gostaria de ter feito menos? 

Falado inglês…

20. Como você passou seu Natal? 

Com a familia do namorado.. shh

21. Quem foi a pessoa de quem você mais sentiu falta este ano? 

Por incrível que pareça eu senti mais falta dos amigos daqui que foram embora do que dos amigos do Br =X Talvez porque  eu não tenho uma grande convivência com a maioria dos meus amigos do Br

22. Você se apaixonou em 2013?

Sim =)

23. Qual foi a maior mudança para você em 2013? 

Vir pra cá e ficar esse tempo todo!

24. Quais foram os seus programas de TV favoritos?

Meio que eu não vi TV esse ano O_o Era mais netflix ou coisas que trouxe do br…

25. Você odeia alguém agora que você não odiava há um ano?

Ahn… acho que não me dei ao trabalho..

26. Qual foi o melhor livro que você leu? 

Curti o livro que li no curso. Stupeur et Tremblements da Amelie Nothomb. O livro relata a experiencia da autora no Japão no inicio dos anos 90. Choque cultural e essas coisas. Só que a autora é uma pessoa meio criativa e o jeito que ela descreve é interessante pra mim. Teve pessoas na sala que não curtiram não. Mas muitos acharam o livro melhor do que esperavam pelo titulo. 😉

27. Qual foi a melhor descoberta musical?

… uma banda russa de pop rock o/

28. O que você queria e conseguiu?Muita coisa =D Aproveitei bem a viagem e as outras viagensinhas por aqui =)

29. O que você queria e não conseguiu? 

Melhorar o francês (meu erro) e ir pra NY.

30. Qual foi o seu filme favorito em 2013? 

Frozen da Disney sem sombra de duvida!

31. O que você fez no seu aniversário (e quantos anos você tem)? 

Tenho 24 x_x Fui numa boatezinha, chamei umas pessoas e so 2 foram o/

32. Que coisa teria tornado seu ano imensuravelmente melhor?

Ter mais amigos agora pro fim do ano.

33. Como você descreveria seu conceito pessoal de moda e estilo em 2013? 

Canadense =P nao faço ideia…

34. O que manteve sua sanidade? 

Muitas vezes a internet o_o

35. Qual celebridade/figura pública que mais te fascinou? 

to por fora…

36. Escolha o trecho de uma canção que melhor resume seu ano de 2013. 

don wake me up up up” desse sonho *_*
37. Do que você sente falta? Churrasco, Koni Store (sushi  do Rio o/), pastel e recentemente do meu travesseiro hehehhe.

38. Quem foi a melhor pessoa que você conheceu em 2013? 

Wow tantas! Quer uma lista? rss

39. Conte uma lição de vida importante que você aprendeu em 2013?

Minha mãe me ama muito xD E que podemos tudo com esforço, dedicação e disciplina… e talvez um pouco de planejamento. E apoio dos pais faz diferença

40. Quais são os seus planos para 2014?

uhhh .. não sei se conto rss Bom, visitar o Brasil ta na lista 😉
=D
Ela

Pois é…

Esse é um post sem fotos e sem as belezas da cidade.

É muito facil se apaixonar vendo fotos. É como achar que um casal é feliz porque só tem foto sorrindo, mas por acaso alguem tira foto das brigas?? Então… Acho que tem gente da minha familia achando que aqui é o céu ou o sonho pelas fotos que eu posto. E deve ter muita gente achando que eu só viajo só porque eu não tiro foto da aula e do quadro cheio gramatica…

Eu comecei a olhar pros lados pra ver as partes menos magicas da cidade. Sabe, se eu olhar bem as ruas daqui até que são esburacadas tambem. Se eu olhar bem, tem uns bairros estranhos e gente esquisita. Se eu olhar bem a Chinatown daqui da tipo nojo (a da Toronto é melhor é vários aspectos e vou começar pelo tamanho). E sem contar a historia da corrupção que por saber pouco prefiro não falar.

Na semana passada “deu ruim” na água. Não sei direito o que aconteceu, mas não era pra beber água da torneira (pra quem não sabe é super normal beber água da bica aqui no Canada porque é tratada própria para consumo) e de quebra o Metro tambem tava com atraso. E numa vibe meio Brasil eu ainda vi isso no Face:

Agora saindo disso eu tenho outra coisa pra dizer. Eu tenho pensado pouco em imigração. Me toquei que estou curtindo aqui como um estudante mesmo. E de qualquer forma não sei dizer se é um lugar que eu moraria… Cara, o povo fuma DEMAIS aqui! Uma vez olhando pro chão só vi cigarro no chão! E é impossivel andar pela cidade sem sentir cheio de qualquer coisa! Nunca ~fumei~ tanto na minha vida!

Outro dia no final da aula o assunto chegou no “o que você acha dos quebequenses?” e a menina respondeu fou, ou seja, louco, crazy só que eu ainda não descobri porquê. Assunto vai assunto vem a prof, que é de Quebec, mas não de Montreal, disse que Montreal não representa a Provincia. Seria uma cidade atipica. E que mesmo pra ela foi meio um choque ~cultural~ vir pra cá. Eu ainda não saí daqui pra poder saber do que ela ta falando, mas eu acredito. Toda essa mistura de gente, esse bilinguismo, essa loucura de cidade grande não deve nem chegar perto do sossego que deve ser a vida pacada no interior do Quebec. Ou mesmo não sendo interior, Ville de Quebec ja deve ser outra coisa (quando for la eu conto). Vou fazer um parentesis na conversa pra falar de S2 amor S2

*PARÊNTESIS* na minha turma só tinha latinos (alem de BRs tinah venezuelano, colombiano e mexicano) a unica exceção era a italiana, mas do ponto de vista linguistico ela é da familia xD – para nós é normal falar “te amo muito” e vale o mesmo pros coleguinha latinos. A prof disse que ja teve problema com isso (babaaado ela namorou BR!!) e em francês é só je t’aime, qualquer coisa diferente disso é menos, inclusive je t’aime beaucoup é menos que je t’aime!!!! Daí que num namoro depois de um tempo se diz je t’aime. Se for falar outra coisa é melhor ficar calado xD Mas falar je vous aime beaucoup pros alunos pode, Je t’aime bien pra alguem, mas não pra namorado! E da briga hein!! A italiano namorou um francês e deu briga nessa hora! Onde já se viu que “te amo muito” é menos que “te amo”???? Vai entender… *FECHA PARÊNTESIS*

Eu cheguei aqui dia 28 de abril e eis que já é 28 de maio!! Quatro semanas se passaram e confesso que não aproveitei tanto quanto em Toronto. Sabe como é, vou ficar aqui ~pra sempre~ então rola uma lerdeza pra fazer as coisas já que “posso fazer depois”. E tambem porque não encontrei companheiros aventureiros. E outras desculpas mais.

Mas só pra não dizer que não tem coisa boa aqui vou dizer que já estou mal acostumada com o sinal/semáforo/farol. Nunca foi tão seguro na minha vida atravessar a rua. A certeza que eles vão parar no sinal é mágica! Se o sinal está amarelo eles não correm, eles simplesmente sabem que não vai dar pra passar. E se o sinal ficou vermelho pros carros e abriu pra mim eu posso simplesmente sair andando. Eu não preciso ver o carro parado pra saber que ele não vai me atropelar. E em ruas sem sinal eu sou prioridade! Eles param pra mim! É magico demais!!! *_* E os pedestres tambem respeitam (de forma geral) o sinal. Tudo funciona muito bem, obrigada =)

Eu sinto que estou entrando num novo ciclo aqui agora. Não sei porquê. Talvez porque tenho amigos e housemate indo embora enquanto eu fico e fico. Talvez agora a primavera/verão venha de vez. Talvez seja só uma pequena readaptação. Ainda quero conhecer muito mais a cidade (infelizmente só domino o caminho casa-escola) e ainda preciso me forçar mais a falar-ouvir-escrever francês.

Bom, esse post foi menos tudo é magico e um pouco mais como eu me sinto. Vou deixar a vida acontecer e ver como eu me sinto com a cidade. Por enquanto, por enquanto é difícil me imaginar simplesmente morando aqui (em Montreal) pra sempre o_o Não sei porque, mas é. Talvez quando-se  eu voltar pro Brasil eu perceba melhor minhas razões pra sair. Eu gosto da vida aqui, mas ainda parece um grande passeio com data de termino.

Ela

30 Coisas pra fazer no intercâmbio

Estava segurando esse post pra quando já estivesse com o visto e tudo certo e.. pronto! Posso postá-lo! =)

Estou com o meu querido passaporte de volta comigo desde sexta feira passada e corri pra arrumação da mala (pois é… ainda estou trabalhando nela). Mas antes dessa correria e últimos preparativos eu já vinha pesquisando coisas pra fazer na viagem. Se na vez que fui pra Vancouver eu dei bobeira e não sai da cidade. Dessa vez eu quero dar a volta ao mundo e visitar tudo quando for buraco lugar!

Eu já estava fazendo uma listinha pra mim, mas achei tão legal a ideia que vi no blog Colorida Vida que se intitula 101 coisas em 1001 dias. E eu fiquei me coçando pra fazer uma lista dessa e resolvi adaptar pra minha viagem de intercambio =) Será que consigo fazer tudo que tá na lista?? Agora é esperar pra ver…

TORONTO e MONTRÉAL

  1. Ir em Niagara falls
  2. Ir na CN Tower
  3. Ir no Royal Ontario Museum
  4. Ir no Toronto Zoo
  5. Visitar chinatown
  6. Sair pra dançar em Toronto
  7. Sair pra dançar em Montreal
  8. Ir pra Quebec city
  9. Ir pra Ottawa
  10. Dar uma volta em Laval
  11. Andar de bicicleta num parque
  12. Andar de patins num parque
  13. Ir num museu moderno
  14. Tirar uma foto num grupo com pelo menos 5 nacionalidades
  15. Ir no Cirque du Soleil, se estiver na cidade
  16. Ir pra NY
  17. Ver as baleias
  18. Ir num festival de verão
  19. Enviar um cartão postal
  20. Tirar foto de todas a estações
  21. Tirar foto das decorações de Halloween
  22. Tirar foto das casas decoradas pro natal
  23. Ir esquiar/fazer snowboard
  24. Comer algo típico canadense (o que seria esse algo?? Alguém?)
  25. Fazer anjo de neve (aqueles no chão)
  26. Fazer e jogar bola de neve
  27. Patinar no gelo (de preferência num lago congelado *_*)
  28. Visitar o Hotel de Gelo
  29. Conhecer pessoalmente alguém do mundo dos blogs
  30. Conseguir entender um vídeo do Têtes à Claques de primeira (e descobrir o que isso quer dizer rs)

Não são 101 coisas porque eu descobri que é difícil de pensar em tanta coisa pra fazer hahaha Mas tem bastante coisa e se eu fizer tudo que ta nessa lista já seria ótimo, perfeito!

Alem da lista eu pesquisei ainda alguns eventos da cidade e já tem um monte que eu quero ir =D Tem um dos balões, tem competição de fogos de artificio, tem o de jazz, tem o Só Rindo (que eu via no Multishow muitos anos atras =D) etc etc etc. E alguns são fora de Montreal… Vamos ver se rola de ir. Ah, se alguém tiver sugestões podem falar ali nos comentários. Quero ir em tudo que for imperdível \o/ Alias, quero companhia tambem porque alguém tem que bater as minhas fotos! hahahahhaha

Sabe o viva cada dia como se fosse o ultimo? Quero curtir essa viagem como se eu nunca fosse voltar lá (claro que eu espero não só voltar como morar xD). E espero que eu tenha pique pra fazer tudo e não deixe a peteca cair #gíriasidosas

Depois eu vou colocar essa lista ali no menu UPDATE: a lista já está ali em cima no menu pra quem se interessar em ver meu progresso. E claro que muitos desses itens deve ganhar posts e fotos por aqui, mas vou deixar ali acessível just in case (ain meu inglês enferrujado…)

Enquanto isso eu ainda tenho a ultima leva de roupa pra mala secando no varal… Nem vou falar de mala porque tá tenso! Só posso dizer total inveja do Merlin nesse momento…

fazendo mala assim até eu ficava saltitante

Ah! Meu respeito para os que já imigraram com as 2 malinhas por pessoa cresceu absurdamente! Se por um lado é difícil levar meu guarda roupa pra um ano, fazer sua vida caber ali não parece mais fácil. O lado bom é que quem imigra pode ir comprando as coisas e ja tá em casa. Já eu… preciso voltar cas 2 malinhas e tudo mais o que eu comprar lá…

Bom, não tenho previsão de postar ainda essa semana então vejo vocês em Toronto! \o/

Ela

Imersão no francês – o filme

Finalmente vi o filme French Immersion que comentei no outro post (sem legenda mesmo e é isso aí). Muito legal! Bem sessão da tarde mas muito legal. A cidade toda faz parte do programa de imersão e as pessoas não tem pra onde fugir rssss. O objetivo é aprender no tratamento de choque hehehe.

Mas aí eu – que vou passar por isso ano que vem – me identifiquei muito com eles! Eles foram recebidos já em francês e você vê que eles já ficam perdidos ali, nas regras. #Medo. Depois eles estão naquela tipica fase do “beabá” em que não sabem mais que o básico: bonjour, merci e talvez um ça va. Sei muito bem como é isso ^^ (parece que nunca passei dessa fase). E ao longo do filme você percebe que eles começam a esboçar algumas frases, depois fazer frases completas, mas com vocabulário ainda restrito. Aquela coisa de não saber se expressar com as palavras certas, aquelas que você quer usar, mas seu vocabulário básico permite dizer o que você quer sem muita volta. Eu provavelmente me encontro nessa fase. Eu sei alguma coisa e ainda temo fazer frases sem pé nem cabeça hehehhe ou esquecer aquele termo que se usa nessa ou naquela ocasião. Enfim, só no tratamento de choque que vou saber hehehe.

Daí que parece que falta muuuuito pra viagem * dramática* ainda fico por aqui uns 3 ou 4 meses. E quando lembro do assunto me surgem das mais diversas duvidas/questões. Como fazer a mala pro inverno E pro verão de lá??? Será que eu consigo me virar no francês? Acho que vou estudar o mapa da cidade… Que lugares eu preciso ir enquanto estiver lá? Eu quero aproveitar tudo – coisa que não fiz quando fui pra Vancouver e me arrependo. Acho que meus objetivos mais básicos são:

 1º – voltar falando francês sem medo de ser feliz

2º – aproveitar demais a viagem (pra uma infinidade de coisas: visitar lugares próximos, conhecer bairros, transporte, festivais de verão, esquiar ou ~snowbordear~ no inverno, perceber a cidade, comidas etc)

Acho que estou criando muita expectativa D=

O lado bom que eu tenho que perceber é que eu não preciso ter medo de falar francês pq alguma coisa eu já falo (e entendo. Afinal consegui ver o filme e entendi quase tudo).

Onde é que vende auto confiança mesmo? Tambem serve em aplicativo rs

Criei o objetivo de escutar francês tudo dia. Confesso ficou faltando uns dias…. mas hábitos não nascem do dia pra noite. E disciplina pra estudar sozinha eu já sei que me falta. Onde é que compra vergonha na cara mesmo? rss

Ela *ansiosa*

>baixe o filme aqui.

Sumi, mas to viva (era uma vez o PEQ)

Sentiram minha falta? será?

Mudar a rotina tem dessas coisas. Incrivelmente eu passava mais tempo nos blogs quando trabalhava do que agora que estou em casa hahaha que coisa não? Me desatualizei muito dos blogs amigos, mas de vez em quando eu do uma olhadinha (mesmo que não comente nada).

Tive umas reviravoltas (quase fui trabalhar em outro estado) e isso me consumiu um pouco (pq será….). Mas deixei isso de lado e voltei ao plano original (que são mais idéias do que planos rs).

Como falei algumas vezes queria muito ir pelo PEQ pelo simples fato de parecer mais simples e mais certo. MAS fui percebendo a inviabilidade de conseguir isso. Mas vou começar pelo começo.

Eu ja fui pra Vancouver e quando voltei eu coloquei pra mim que se fosse fazer outro intercambio seria estudo e trabalho pra não “perder tempo” e tambem porque o trabalho conta bastante! E eis que eu sinto que tenho a minha ultima chance de fazer um intercambio ja que Mamis meio que me ofereceu essa oportunidade (e sabe-se lá quando eu teria dinheiro pra pagar por isso por conta própria  – em especial para aperfeiçoar o francês. Esse já era o plano pra ano que vem. Com toda essa historia de imigração que voltou a toda na minha cabeça (tinha pesquisado sobre isso faz uns 2 anos) eu procurei ver se poderia trocar uma aula de língua por uma aula de faculdade. Acontece que eu descobri que 20 28 mil Reais (preço médio de um intercambio longo (a partir de 6 meses)) não é o mesmo que 30 35 mil Dolares ao ano. Com o bonus que intercambio se paga uma vez o tal do valor e faculdade não, tem que pagar por ano…

Foi triste desistir de algo que iria trazer um crescimento tão grande tanto pessoalmente quanto profissionalmente alem de, claro, colaborar e muito com a imigração. *todos chora* Na verdade, Mamis preferiria que eu fizesse um curso profissionalizante de alguma forma, mas eu fiquei mostrando pra ela que é caro e eu simplesmente não quero que ela tenha que vender a casa, o carro e alma pra poder pagar isso. Se não ficar confortável pra ela eu não quero.

E assim que eu voltei pro plano de fazer intercambio e conhecer Montreal, aprender francês de uma vez por todas (assim espero) e de quebra ainda ter uma experiencia no mercado de trabalho canadense/quebequence. É, não parece tão ruim assim ^^

E depois de uma rápida entrevista em ingles mesmo pra saber meu nível pro programa  cá estou eu quase fechando meu intercambio. Será que encontro com algum de vocês por lá?

Ela

Pequenas Felicidades :)

Gente, to viciando nessa coisa de blog. Nunca consegui fazer um post por dia. O_o Que que isso!

Saindo um pouco dessa coisa de imigração resolvi participar da blogagem coletiva Pequenas Felicidades que conheci pela Dea no Frozen Bird. Essa semana, junto com o feriado, teve algumas coisas boas 🙂

Participe aqui.

Tudo começou com o feriado.

Pra começar aproveitei pra ficar um pouco só com ele. Fazia tempo que a gente não tinha tempo ‘sem limite’ só pra gente. Sempre tem que dormir cedo, fazer alguma coisa ou os dois estão cansados e blá. O feriado veio em boa hora 🙂

Depois, ainda por causa do feriado, uma amiga que se mudou para o Sul aproveitou pra dar uma ~passadinha~ por aqui e, claro, colocamos a conversa em dia. Foi ótimo!

Minha prima fez um ano de casada e isso foi uma boa oportunidade pra: ver a casa dela toda decorada (a geladeira dela é vermelha com bolinha branca! imagina o resto! xD); passar tempo ca família; e tirar um cochilo na casa da vovó ^^

 Aproveitando o passeio daquela amiga marcamos um encontro com a galera da facul. Só 2 pessoas foram, mas foi muito bom!! =D

Aproveitando o shopz comprei um livritchu que to mó curiosa pra ler! Descobri ele no face e entrou rapidinho pra lista do WANT IT! . Mas já pro promovido pra lista do GOT IT. Olha ele aqui:

‘Como ser mulher’ por Caitlin Moran.

Daí eu criei coragem pra falar que vou sair do emprego! Fico até o fim do mês.  É que eu já não tava curtindo muito + eu quero voltar pro francês, mas não consigo! Foi meio a junção da fome com a vontade de comer. Não to saindo do mercado, só reposicionando =P Isso deu um alivio. To mais feliz. Parece que a vida vai andar!

E, por ultimo, mas não menos importante, meu cachorro! Ele tá sempre feliz e é muuuuito fofo não que ele não encha o saco as vezes! E ele faz essas coisas de cachorro, não tem como resistir ^^

Oi meu nome é Lucky, mas eu tambem atendo por Dinho.

Eu sou fofo e como gravata


E só pra não deixar passar, ele tá com um novo projeto e a primeira reunião foi essa semana =)

Ass: Ela.