O processo

Em 2008, ela fez sua primeira viagem para o Canadá (Vancouver) e apesar de ter sido uma viagem inesquecível, mudar para o Canadá ainda não estava nos planos,

Tudo começou de verdade quando o professor de francês plantou a sementinha da imigração na cabeça dela.

“Já pensou em morar no Canadá? Tenho um montão de alunos indo pra lá. Eles (do governo)  pagam pra você aprender francês e tudo”

Hoje sabemos que não é bem assim e mais, tudo mudou. Mas de qualquer forma ainda era muito cedo.

Mais tarde ela voltou a considerar o assunto, deu uma olhada no site do governo canadense para saber o que era preciso. Arquitetou um pouco de ideias, mas ainda era muito cedo.

Deixou o tempo passar, a vida andar um pouco e eis que a plantinha cresceu. “Eu quero morar no Canadá!” E assim ela voltou a pesquisar mais sobre o assunto, achou o mundo dos blogs, viu as historias, conheceu pessoas e tudo.

Apesar dele sempre saber dessa ideia era hora de mostrar que não era mais só uma ideia. Era um sonho que precisava ganhar forma. E assim decidiram no meio do ano passado (2012) juntar esforços e caminhar na direção que leve a imigração.

E cá estamos nós nos preparando para um dia darmos entrada no processo e arrumar nosso lugar nessa longa fila (que esperamos que ande mais rápido!) para enfim colocar nossos pés em terras canadenses.

Daisypath Vacation tickers

Participe do blog, deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s