Uma ida aos EUA

Tive a oportunidade de ir visitar uma prima em Brockton – MA nos EUA e eu linda resolvi ir de carro!

Pois é, esse passeio de fim de semana incluiu um monte de primeiras vezes. Foi a primeira vez que eu aluguei um carro, foi a primeira vez que eu passei a fronteira em terra de carro (e nao num aeroporto), primeira vez que fiz um road trip pra tão longe, primeira vez que dirigi em MTL, primeira vez que dirigi por tanto tanto tempo! Ufa! E sobrevivi!! =D

Pra mim que sou marinheira de primeira viagem nessa historia toda vou dizer que o caminho é super facil! Longo, mas facil. É tudo muito bem sinalizado e mesmo dirigindo de noite foi de boas. Não peguei transito nenhum nenhum na ida (uma sexta a noite) – tinha vezes ate que eu parecia a ultima pessoa do universo naquela estrada – nem na volta (segunda a tarde) que se muito so tinha um pouco mais de carro ate sair de Boston, mas depois tranquilo de novo.

O mais ironico de tudo é que eu me perdi saindo de Montreal rsss Acontece que eu quis pegar a entrada pra highway mais perto de casa pra nao andar na cidade (pq nao sou obrigada =P ), e acabou que do nada as placas na sinalizacao pro EUA tava dizendo fechado! Uma apos a outra e quando chegou a bifurcacao eu me vi obrigada a vira pro lado indo pra Toronto. Dai eu ja nao sabia o que fazer pq nao eu sei aquelas ruas e aquelas saidas, mas o medo de ser a ponte que estava fechada e ter que dar uma volta sem fim pra sair de Montreal dai segui o celular que me levou de volta pra highway mas nem sei onde eu tava e finalmente cheguei na ponte pra sair de Montreal. Depois disso foi tranquilo.

Fronteira

Ja tinha ouvido que a fronteira era pertinho de Mtl, mas nunca levei a serio pq no mapa parecia longe, mas é perto mesmo. Em uma hora de transito livre (e sem se perder em mtl rs) da pra chegar la. Como eu disse nunca na minha vida passei na fronteira/imigracao de sem ser em aeroporto. Mas acabou que foi super simples – nao que eles tenham sido mais simpaticos… Lembra muito pedagio so que tem um predio anexo. O tio federal la fez um monte de perguntas (quase achei ele simpatico). Perguntou pra onde eu tava indo, quanto tempo ia ficar, quanto a gente estava levando pros EUA em valores, como no carro tinha mais um perguntou como a gente se conhecia, como eu ia pra casa de uma prima perguntou se era surpresa (oi?) e como eu nao sou canadense ele muito simpatico devolveu o passaporte canadense do colega, mas falou pra eu parar meu carro ali e buscar meu passaporte la dentro. Mas perguntas – repetidas até – digitas de todos os dedos, foto, pegaram o endereco de onde eu ia ficar e 6$ (US) nao sei pq e tava livre to go.

Eu me preocupei mais com a fronteira na ida pq US é chato e pq eu tinha o visto americano no passaporte antigo. Mas isso nao deu problema algum. E eu tava pronta pra todas as perguntas que ele pudessem fazer. Mas na volta eu nao pensei mt pq o Canada é de boas. Mas acabou que no meio da entrevista de entrada o tio fez perguntas que eu nao pensei e fiquei um cadinho nervosa. Nada de mais, foi besteira minha pq na minha cabeca eu tava voltado pra casa, mas esqueci que meu passaporte nao explica isso. Ele perguntou pra onde eu tava indo e onde eu morava e qual  meu status no canada. Como sou estudante ele pediu minha permissao de estudos (que eh um documento que geralmente nao fica no passaporte –  mais uma vez eles grampiaram pra mim, so que quando eu renovei ele era so um papel solto). Muito preparada que sou eu tinha ele na carteira junto com o passaporte (ainda da minha ultima ida ao brasil). Depois ele perguntou quanto a gente tava trazendo de volta. So que a gente nao comprou nada la só comida e gas xD E pronto, sem pagar nada e sem precisar sair do carro continuei meu caminho de volta pra Montreal.

Acho estranho como a paisagem muda assim que passa da fronteira. ^^

Meu desejo é que seja a primeira de muitas road trips.

*Curta o blog no Facebook!

Ela

Anúncios

4 pensamentos sobre “Uma ida aos EUA

  1. Muito legal! Também pensamos em morar no Québec e temos parentes em Taunton – Ma, pertinho de Brockton. Legal saber que o caminho é tranquilo, já olhei algumas vezes no google maps. =]

  2. Manero 🙂

    Mas, como a paisagem mudou?

    Uma road trip que quero muito fazer é ir para Boston, apenas conhecer o lugar e, principalmente, os restaurantes.

    • Quando eu disse que a paisagem muda é porque do lado de Quebec parece mais aberto como fazenda sem mts arvores e casas espaçadas. Nos estados unidos nao vi casa nenhuma e tinha mais arvores.

      É um passeio legal! Se puder faça mesmo! 😉

      Ela

Participe do blog, deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s