Pois é…

Esse é um post sem fotos e sem as belezas da cidade.

É muito facil se apaixonar vendo fotos. É como achar que um casal é feliz porque só tem foto sorrindo, mas por acaso alguem tira foto das brigas?? Então… Acho que tem gente da minha familia achando que aqui é o céu ou o sonho pelas fotos que eu posto. E deve ter muita gente achando que eu só viajo só porque eu não tiro foto da aula e do quadro cheio gramatica…

Eu comecei a olhar pros lados pra ver as partes menos magicas da cidade. Sabe, se eu olhar bem as ruas daqui até que são esburacadas tambem. Se eu olhar bem, tem uns bairros estranhos e gente esquisita. Se eu olhar bem a Chinatown daqui da tipo nojo (a da Toronto é melhor é vários aspectos e vou começar pelo tamanho). E sem contar a historia da corrupção que por saber pouco prefiro não falar.

Na semana passada “deu ruim” na água. Não sei direito o que aconteceu, mas não era pra beber água da torneira (pra quem não sabe é super normal beber água da bica aqui no Canada porque é tratada própria para consumo) e de quebra o Metro tambem tava com atraso. E numa vibe meio Brasil eu ainda vi isso no Face:

Agora saindo disso eu tenho outra coisa pra dizer. Eu tenho pensado pouco em imigração. Me toquei que estou curtindo aqui como um estudante mesmo. E de qualquer forma não sei dizer se é um lugar que eu moraria… Cara, o povo fuma DEMAIS aqui! Uma vez olhando pro chão só vi cigarro no chão! E é impossivel andar pela cidade sem sentir cheio de qualquer coisa! Nunca ~fumei~ tanto na minha vida!

Outro dia no final da aula o assunto chegou no “o que você acha dos quebequenses?” e a menina respondeu fou, ou seja, louco, crazy só que eu ainda não descobri porquê. Assunto vai assunto vem a prof, que é de Quebec, mas não de Montreal, disse que Montreal não representa a Provincia. Seria uma cidade atipica. E que mesmo pra ela foi meio um choque ~cultural~ vir pra cá. Eu ainda não saí daqui pra poder saber do que ela ta falando, mas eu acredito. Toda essa mistura de gente, esse bilinguismo, essa loucura de cidade grande não deve nem chegar perto do sossego que deve ser a vida pacada no interior do Quebec. Ou mesmo não sendo interior, Ville de Quebec ja deve ser outra coisa (quando for la eu conto). Vou fazer um parentesis na conversa pra falar de S2 amor S2

*PARÊNTESIS* na minha turma só tinha latinos (alem de BRs tinah venezuelano, colombiano e mexicano) a unica exceção era a italiana, mas do ponto de vista linguistico ela é da familia xD – para nós é normal falar “te amo muito” e vale o mesmo pros coleguinha latinos. A prof disse que ja teve problema com isso (babaaado ela namorou BR!!) e em francês é só je t’aime, qualquer coisa diferente disso é menos, inclusive je t’aime beaucoup é menos que je t’aime!!!! Daí que num namoro depois de um tempo se diz je t’aime. Se for falar outra coisa é melhor ficar calado xD Mas falar je vous aime beaucoup pros alunos pode, Je t’aime bien pra alguem, mas não pra namorado! E da briga hein!! A italiano namorou um francês e deu briga nessa hora! Onde já se viu que “te amo muito” é menos que “te amo”???? Vai entender… *FECHA PARÊNTESIS*

Eu cheguei aqui dia 28 de abril e eis que já é 28 de maio!! Quatro semanas se passaram e confesso que não aproveitei tanto quanto em Toronto. Sabe como é, vou ficar aqui ~pra sempre~ então rola uma lerdeza pra fazer as coisas já que “posso fazer depois”. E tambem porque não encontrei companheiros aventureiros. E outras desculpas mais.

Mas só pra não dizer que não tem coisa boa aqui vou dizer que já estou mal acostumada com o sinal/semáforo/farol. Nunca foi tão seguro na minha vida atravessar a rua. A certeza que eles vão parar no sinal é mágica! Se o sinal está amarelo eles não correm, eles simplesmente sabem que não vai dar pra passar. E se o sinal ficou vermelho pros carros e abriu pra mim eu posso simplesmente sair andando. Eu não preciso ver o carro parado pra saber que ele não vai me atropelar. E em ruas sem sinal eu sou prioridade! Eles param pra mim! É magico demais!!! *_* E os pedestres tambem respeitam (de forma geral) o sinal. Tudo funciona muito bem, obrigada =)

Eu sinto que estou entrando num novo ciclo aqui agora. Não sei porquê. Talvez porque tenho amigos e housemate indo embora enquanto eu fico e fico. Talvez agora a primavera/verão venha de vez. Talvez seja só uma pequena readaptação. Ainda quero conhecer muito mais a cidade (infelizmente só domino o caminho casa-escola) e ainda preciso me forçar mais a falar-ouvir-escrever francês.

Bom, esse post foi menos tudo é magico e um pouco mais como eu me sinto. Vou deixar a vida acontecer e ver como eu me sinto com a cidade. Por enquanto, por enquanto é difícil me imaginar simplesmente morando aqui (em Montreal) pra sempre o_o Não sei porque, mas é. Talvez quando-se  eu voltar pro Brasil eu perceba melhor minhas razões pra sair. Eu gosto da vida aqui, mas ainda parece um grande passeio com data de termino.

Ela

Participe do blog, deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s