Comentando sobre o > mudanças no processo de imigração!

Eu tenho visto o pessoal postando sobre a matéria de jornal convocando enfermeiros pra Quebec faz uns dias e ainda sobre a nova leva e palestras que vai acontecer. Alguns parecem postar só pra mostrar, outros criticam. Eu ate concordo que é muito louco eles chamarem mais gente pra ir sendo que eles não estão dando conta da galera que já quer ir e está no processo. Nessas horas essas propagandas de ” Venha morar em Quebec” soa meio falsa. Por mais que paraíso não exista aqui na terra eu acho que eles omitem coisas importantíssimas. Eu achei o texto de Tous les quatre au Quebec (recomento a leitura) perfeito justamente porque ele não é pontual, não esta falando nem das palestras nem da noticia no jornal ele fala do todo desde que as coisas mudaram drasticamente ano passado.

Alguns anos atras quando meu professor de francês plantou a sementinha da imigração na minha cabeça ele falou que o processo “por Quebec é mais fácil”. E acredito que muitas pessoas tenham ouvido isso. Hoje isso é mentira. As coisas mudaram. A prova disso são os processos provinciais de 2011 que estão sendo convocados para as entrevistas agora. Aquela historia de 3 meses até a entrevista parece um passado distante. Sorte de quem foi nessa época. Até mesmo pra quem conseguiu esperar menos de um ano.

Quando eu comecei a pesquisar de verdade sobre imigração no meio no ano passado (tb quando eu comecei esse blog) eu via pelo timeline dos blog que o processo todo – provincial + federal – durava algo entorno de 2 anos (entre enviar os documentos e receber o visto/chegar lá).  E eram 2 anos quase que redondos. Talvez eu estivesse vendo olhando blogs antigos. Talvez eu tivesse vendo os sortudos. A questão é que isso parece não existir mais. Bom, a não ser que você seja prioritário e fure a fila…

Voltando ao texto do Tous les quatre au Quebec citado ali em cima eu gostei desse pedaço:

“Nas palestras, eles gostam de falar sobre como a população está envelhecendo, de como a mão-de-obra está escassa, mas omitem como os empregadores tem grande receio de contratar imigrante sem experiência canadense, problemas no processo de imigração, demora sem explicar o que está acontecendo, etc. Por isso é importante avaliar bem os verdadeiros prós e contras antes de se jogar nessa loucura de imigrar pra outro país. Tenho visto muita agonia e frustração no pessoal que já está no processo.

A verdade é que não pode ser simples nem tão rápido demais pra ninguém tomar a decisão por impulso e depois se arrepender. Porque, né, quem nunca saiu dessas palestras querendo imigrar no dia seguinte?! Penso que o processo de imigração é parecido com a seleção natural que originou a evolução das espécies. Quem sobrevive a ela, chega mais forte pra enfrentar a próxima etapa (que dizem ser mais difícil ainda), que é a adaptação ao novo meio. Se o processo fosse fácil e rápido, certeza que ia ter muita gente desistindo do Canadá no primeiro mês de adaptação.”

Verdade, mas também não precisa ser tão demorado, rs. Ou se for demorado pelo menos avise com clareza!

Eu acho que quem está começando agora ou recém começou o processo deve ler textos assim e saber no que está se metendo. Por que se imigrar por impulso é loucura, entrar nessa sem saber o que está acontecendo agora com os processos é maluquice.

Eu quero imigrar, mas confesso que estou repensando ir por Quebec. Mas preciso ver as regras do dia que eu decidir começar o processo. Esse vai ser um fator determinante.

#  Mudando de assunto…

 O Quebecleza! agora está no Facebook! Curta nossa pagina aqui na barra lateral >>

  🙂

Ela.

Anúncios

10 pensamentos sobre “Comentando sobre o > mudanças no processo de imigração!

  1. Obrigada pela indicação! Realmente falta transparência na imigração do Québec. Já se foi o tempo em que era fácil imigrar por lá. O problema começou quando o escritório saiu de São Paulo. De certa forma, o méxico parece não se importar com o brasileiros. Em março, espero que as regras fiquem mais claras. E a gente vai continuar divulgando os bastidores! Se unindo pra que ninguem entre nessa iludido.
    Abraços,

    • O estranho é que o Canada parece ser um país tão certinho, mas no assunto imigração não passa as informações com clareza. Vou sempre torcer por regras mais claras, mas enquanto isso a gente tenta avisar quem chega depois…

      Ela

  2. Não acho que a falta de informação seja por desonestidade. É só incompetência. Como toda instituição pública, o ministério de imigração é incompetente, mesmo em país de primeiro mundo. Eles divulgam mal, selecionam mal e apesar do trabalho que fazem ao receber um imigrante não ser mal, poderia ser melhor. O curso de francisação em tempo parcial é muito ruim e o em tempo pleno só é bom por conta da carga horária (material ruim, acho que 50% dos professores são ruins, etc). Quanto a vir para QC, o meu maior problema após vir aqui é a história do bilinguismo de Montréal que não é reconhecido pelo governo. Para o que faço (gerente de projetos em TI) é essencial falar e escrever bem tanto em inglês quanto em francês. Dá para achar empregos que exigem só uma das línguas, mas isso é raro, e não são bons empregos em geral. E para fazer o que faço, a maioria dos empregos está em Montréal (se bem que Ottawa/Gatineau seria uma opção). Bom, tudo isso para deixar a dica de pesquisar a exigência de bilinguismo para sua profissão. Falava inglês fluentemente antes de chegar e achava que aprendo o francês não seria complicado. E não foi. O problema é falar no nível necessário para manter sua empregabilidade alta.

    • Nossa! Obrigada por colocar sua opinião aqui. É muito mais fácil ler sobre as rosas do que sobre os espinhos. Espero que quem leia o texto chegue nos comentários.
      É difícil achar que comente sobre essas dificuldades ou mesmo dos defeitos do Canadá. Não é uma questão de ser negativo/a, é uma questão de ver a realidade. Afinal é uma imigração e não um passeio de ferias…

      Ela

  3. Concordo totalmente com a sua decisão de repensar o Québec. Claro que tudo pode mudar e, pode ser que, quando chegar a hora de vocês, as coisas já estejam mais fáceis. Mas é sempre bom manter um olhinho em Manitoba e o outro em Nova Escócia, enquanto se estuda francês… Hehehe…
    Beijos,
    Lidia.

    • Se eu já fiquei de olho em Manitoba e o outro foi olhar Nova Scotia fiquei sem olhos pra ver Quebec rs. No presente momento estou muito mais interessada nessas duas províncias do que na de Quebec. E eu só não considero o federal porque por algum motivo ele me parece o bicho papão xD Acho que ele é pior.

      E, francamente, não acho que tem como ficar melhor não. Eles estão muito enrolados com todo mundo que já entrou no processo e continuam chamando mais gente! Acho que só ia ficar melhor se eles fechassem o processo até que os em andamento finalizassem e começassem uma fila do zero. Aí sim!

      Enquanto isso eu vou olhando as opções que me parecem melhores que Quebec…

      bjs
      Ela

  4. Pingback: Repensando Quebec… | QUE BEc LE ZA !

  5. Olá! primeiramente, parabéns pelo blog! participei de uma palestra realizada em março e estou iniciando minha pesquisa sobre o processo de imigração. gostaria de deixar aqui minha opinião: eu saí da palestra com muita consciência de que o processo é super burocrático, moroso e requer atenção em todos os mínimos detalhes. ou seja, não saí de lá com a ideia de que é fácil, achei super complicado inclusive. mas também confirmei uma impressão que tive na minha experiência de intercâmbio na Europa: a maioria dos brasileiros não planeja muito um intercâmbio ou imigração, vão na cara e na coragem. e eu acho que justamente este não é o foco do processo de Quebec. acho que eles buscam pessoas que realmente queiram se fixar lá e tenham empregabilidade, que estejam preparados. meu esposo e eu estamos pensando nisso como um projeto a longo prazo, assim como avaliando outras opções de países para imigrar. e como foi enfatizado no post sobre a adaptação ao novo país, acredito que o planejamento é algo essencial para qualquer experiência no exterior, porque você vai sim encarar vários imprevistos, mas se você se preparou irá se sair muito melhor. na palestra também percebi que muitas pessoas que enviaram o dossiê cometeram erros no preenchimento por falta de atenção ou revisão, e a palestrante repetiu diversas vezes que é muito comum isso, então realmente o processo requer muita dedicação e paciência. e em geral vários países desenvolvidos estão tomando medidas mais restritivas quanto à imigração, então temos que realmente nos preparar mais e fazer um bom planejamento, com paciência.

    • Bem vinda ao blog.

      Fico feliz em saber que você não saiu da palestra achando que ia pra um pais das maravilhas! É bom saber disso. Tomara que a palestra tenha melhorado o discurso. Pq as duas palestras que eu vi (uma virtual e outra presencial) eu não achei compativel com o que eu via pelos, blogs, foruns e comunidades. Parecia meio facil e magico. Sem contar que não falaram realmente do quanto tem demorado o processo todo. Falaram no maximo da nova expectativa (12 meses cada parte)

      Imigrar não é pra se decidir de uma hora pra outra. Aqui começamos com o Quebec, mas tb estamos de olho em Manitoba e até mesmo Nova Scotia rsss
      Vamos ver que se fica melhor pra gente 😉

      Ela

      • Ola.
        Eu enviei em dezembro de 2011 o processo de imigracao para o Quebec com todas as documentacoes necessarias, e para minha surpreza, nao obtive resposta do escritorio do Quebec no Mexico. E para minha tristeza, conversei com alguns colegas que possuem a mesma situacao que eu e minha esposa, exatamente com o mesmo emprego, que deram entrada em junho de 2012 e ja foram chamados, enquanto muitos processo de 2011 estao parados…. peguei todas as mudancas, tentei contato com todos os meios disponiveis e em 90% dos casos nao obtive resposta alguma, e as que obtive, as respostas sao tao vazias que nao foi possivel esclarecer qualquer duvida ou obter uma resposta que efetivamente fosse util.
        Tentei outra forma de imigracao que eh atras de estudo, (possuo dois diplomas no Brasil), estou para tirar o 3, todos eles com perspectivas boas de carreira no Canada… Apos 6 meses me dao a opcao de solicitar o visto de trabalho…. mas quem disse que esse visto sai…..

        Eu de verdade to vendo esse sonho se tornar pesadelo…. nao vou dizer que esta sendo perda de tempo, mas esta sim sendo muito triste pois durante o processo, uma vez que voce da entrada nos papeis, voce praticamente para a sua vida…. nao muda de emprego, de casa, nao tem filhos, nao troca de carro… nao faz nada….

        Vou tentar olhar para a nova escocia e manitoba, ver se existe a possibilidade…. e se existir, vai ser minha ultima tentativa aqui no canada…. o processo federal sempre foi uma novela, muito demorado, e o do Quebec passou a ser uma novela mexicana….. mais demorado ainda…..

        Respirar fundo e nao desistir…… acho que o Canada eh para quem tem nervos de aco e nao se importa com cabelo branco….

Participe do blog, deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s