Vida abaixo de zero – documentário

Resolvi ver o documentário sugerido pelo site Imigrar sobre o inverno canadense e comparando com a Russia e a Escandinávia (Dinamarca, Suécia, Noruega e acho que Finlândia). Como eu sei que não sei falar do vídeo sem spoiler sugiro que você veja antes de continuar lendo. É um vídeo de 45 min (em inglês) e eu recomendo.

 

Se você quiser ler sem ver o vídeo fique a vontade, mas a partir daqui tem spoiler.

A primeira coisa que me surpreendeu no vídeo foi que os canadenses não gostam de inverno! Eu achava que eles curtiam o inverno, mas parece que eu estava errada. As pessoas dizendo “eu odeio o inverno” realmente me chocou. Eles reclamam da neve (poxa…), da confusão gerada por ela e de todo o trabalho de tirar a neve das calçadas e ruas e do carro antes de sair (tudo bem , isso deve ser chato mesmo). Mas eu esperava um lado bom do inverno. Daí em 2009 quando o inverno foi fraco eles adoraram! Resumindo: os canadenses gostariam de pular o inverno. Mas eu fiquei pensando… Será que é um pouco por conta dos imigrantes. Muitos devem sair de um país com o inverno mais brando ou mesmo patético como o nosso e portanto não sabem lidar com ele. Será que isso não faz um pouco com que na hora de fazer uma pesquisa com a população apareça um grande numero de pessoas que não gostam de inverno?

Enquanto isso na Russia o inverno é abraçado e festejado e  o mundo não para por causa do frio – mesmo que seja -30C. Essa atitude com o inverno é realmente cultural lá e eu acho uma atitude bem positiva. O fato do inverno ter dado um mãozinha historicamente em guerras como de Napoleão e Hitler ajuda bastante. Com isso os russo são orgulhosos do inverno. Feiras ao ar livre e piscina (!), churrasco, sorvete e todo que puder eles continuam fazendo durante o inverno. Ao mesmo tempo que me parece legal, tambem me parece um pouco loucura, mas tudo bem.

O que eu gostei mais foi a visão de um canadense na Russia. Enquanto os canadenses lutam contra a neve – e pra isso criaram pás pra neve, snowmobile e todas as maquinas de tirar neve da rua etc (sim, tudo invenção canadense) – os russos abraçam, mas em parte porque eles tambem não tem condições. O Canadá é mais rico que a Russia logo eles usam a tecnologia a seu favor. É como se os russos ainda vivessem no passado canadense.

Falando em passado, eu fiquei triste de ver que a alegria do inverno foi deixada de lado por causa de imigrantes. Toda a imagem do inverno não era boa pra atrair imigrantes e sei lá como os festivais de inverno foram ficando de lado. E isso aliado a tecnologia começaram a surgir as cidades subterrâneas e então tudo ficou indoors. Não se curte o inverno lá fora e sim trancado entre quatro paredes, seja pra nadar, jogar golf, ate mesmo esquiar (!). Eles fogem do inverno, ignoram e ficam torcendo para que acabe logo.

Da Russia para Escandinávia, lá a tecnologia ajuda, mas sem eliminar o inverno. Eles aquecem as calçadas!!! Chegaram a conclusão que é barato assim do que remover neve e ter pessoas machucadas que não podem trabalhar (como é que o Canada não pensou nisso ainda???) . Então aos poucos o centro (não sei que cidade) ficou um lugar em que as calçadas não tem uma nevezinha se quer e muita gente na rua. Mas só nas calçadas, porque as ruas continuam brancas.Na verdade foi uma cidade planejada para o inverno, mas sem ficar indoors. Os prédios tem limite de altura para evitar que façam sombra durante os curtos dias de inverno alem de usarem cores vivas pra dar um alegrada.

Eu sou uma pessoa que gosta de frio. Odeio verão, calor blaaaa. Adoro usar casado (talvez porque quase não use). Acho o inverno mais chique, mais arrumado e eu ainda acho mais fácil fugir do frio do que do calor. Um bom casaco resolve seu frio, mas não há roupa que resolva seu calor. Ar condicionados podem não dar vasão, mas no frio qualquer aglomerado de pessoas já ajuda a aquecer. E mais, por mais quente que seja o nosso verão aqui no Rio não é todo lugar que tem ar condicionado, enquanto em lugares muito frios sempre tem aquecedor.

Eu esperava aprender com os canadenses a curtir o inverno, mas parece que não é bem assim. O ideal pra mim seria o amor e o entusiasmo dos russos, a parte arquitetônica da Escandinávia (planejamento, neve em alguns pontos) e o preparo canadense (sim, a tecnologia) e ter a opção de viver o inverno in e out doors.

Ela

Um pensamento sobre “Vida abaixo de zero – documentário

  1. Adorei o Post!!!!

    Eu sou do seu time!!! Também amo o inverno!! Aqui em SP faz frio só de vez e nunca!!

    Eu jurava que os canadenses gostavam de inverno, nunca pensei ouvir q eles odeiam!!

    Mas eu continuo gostando, e como vc disse no frio vc coloca um casaco e o frio passa e no calor?? rsrs

Participe do blog, deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s