Procurando alternativas para imigração

Com todas as mudanças no processo de imigração eu ainda me pego tendo medo de não conseguir ter todos requisitos/pontuação minima necessários. Com isso resolvi dar uma olhada nas opções para imigração, afinal um país daquele tamanho deve ter um espacinho pra gente em algum lugar né!

Entrei no Canadavisa.com. Lá tem um teste que sugere o melhor programa de imigração de acordo com seu perfil. Como a gente não se enquadra em bussiness nem em family eu fiz o teste em general mesmo e quando perguntou pra onde  queremos ir eu deixei em aberto com a unica opção que permite isso “i’m not sure”. Preenchi todo o teste e calculando a distancia de daqui um ano mais ou menos (depois da minha viagem) e a gente passou! E a primeira resposta que tivemos foi a pontuação que tivemos: 75 sendo o mínimo 67  =D

resultado do teste do Canadavisa.com

Clique na imagem para ampliar

E quando o email veio ele sugeriu o Federal Skilled Worker Class (FSWC) e que ele fosse o aplicante principal. Eu não sei se esse site é oficial (quem é Campbell Cohen?) ou se é só mais um site cheio de informações, mas ele disse muita coisa que me fez pensar.

Pra quem está interessado na imigração pelo Federal aqui vai uma informação que recebi no email:

I am pleased to inform you that the Canadian government has announced exciting new changes to the Federal Skilled Worker Class (FSWC), which are expected to take effect on January 1st, 2013.

[…]

The FSWC will be open to managers, professionals and technicians, who:

– Have at least 1 year of full-time work experience in the last 10 years

– Demonstrate at least an Adequate-Intermediate language proficiency in English or French (Canadian Language Benchmark: 7)

– Obtain at least 67 points on the new point grid (based on language proficiency, age, work experience, education and adaptability etc.)

– Have their foreign education credentials assessed, authenticated and given an equivalent value in Canada

Quem estiver aí esperando o processo reabrir pode ir arrumando os documentos pra janeiro 😉

Voltando a minha busca do melhor programa de imigração…

Eu resolvi dar uma olhada em todas províncias just in case (se quiser fazer o mesmo clique aqui). As provincias com menos programas de imigração tem pelo menos 3: familia, estudante que ganhou diploma lá, skilled worker. Alguns tem o bussiness tb. Como não temos familia lá, como não estamos nos formando lá, como não vamos fazer bussiness só olhei o skilled worker. As seguintes provinciais foram eliminadas porque tem que ter oferta de emprego: Alberta, Bristish Columbia, News Brunswick, Newfoundland, Northwest Territories, Nova Scotia, Ontario, Prince Edward, Saskatchewan, Yukon. Conclusão: as províncias menos faladas são menos faladas por algum motivo. Com isso sobrou Manitoba e Quebec sem oferta de emprego.

ok, British Columbia tem bastante opções e tem ate um voltado pra turismo e restaurante que eles chamam de semi-skilled, mas tem que estar trabalhando lá ou ter a bendita oferta de emprego…

Depois, em  Saskatchewan  dentre algumas opções diferentes (clique aqui e role até metade da pagina) você pode imigrar depois de trabalhar lar por apenas 6 meses (dentro do programa SINP Existing Work Permit Category )!!

Agora Manitoba tem aquele lance da visita exploratória e a missão de recrutamento que eles chamam de Strategic Initiatives. Mas a visita exploratória agora só ano que vem. Só que é preciso ter dinheiro pra custear a viagem pra lá. *Postaram no grupo de Manitoba do Facebook o seguinte pdf dando mais explicações e valores do processo: Manitoba (obs: o texto diz que a viagem tem que ser de 15 dias mas depois de uma troca de emails com a imigração postaram que o minimo é 7 dias). E a tal da missão.. Bom, eu não achei nada dizendo por onde eles vão passar com essa missão.

Aparentemente a unica opção valida ficou sendo o Federal mesmo. E eu tenho essa sensação que ir direto pelo federal é pior D= Quem aí foi ou está indo pelo Federal? É possível chegar no Canadá?

E outra indo pelo Federal não pode ir pra Quebec… Poxa eu tava curtindo tanto a ideia de ir pra lá. De qualquer forma não indo pra Quebec eu iria pra Ontário (ver comentários). Mas o pior de tudo é que não passei no teste do site oficial Cidadania e Imigração. É o fim? 😦

Ela

7 pensamentos sobre “Procurando alternativas para imigração

  1. Hmmm… Acho que você fez uma certa confusãozinha…

    Não existe isso de “não pode” ir para Québec se você fizer a imigração pelo Processo Federal… Fazendo esse processo, você vai receber o visto de residente permanente e esse visto te possibilita se esbalecer aonde quiser no Canadá, na cidade que quiser e pronvíncia que bem entender…

    Inclusive, ao fazer o processo de imigração por Québec ou por Manitoba, você TAMBÉM recebe esse visto de residente permanente que é CANADENSE, não québecquense ou manitobense… Você se torna um residente permanente do Canadá não da província. Claro que nesse caso é uma TREMENDA sacanagem E falta de ética E jeitinho brasileiro tosco e reprovável fazer o processo por Québec ou Manitoba e na hora H ir se estabelecer em outro canto!

    Mas no caso do Federal isso não existe, pois o Canadá é um país único. Então se você quiser fazer o Federal e se estabelecer em Québec você não só pode como deve, já que vai conhecer Montréal super bem, falar francês super bem e ter morado 10 meses lá. 😉

    Beijinhos,
    Lidia.

    • Tem certeza? Não sei daonde eu to tirando isso mas eu achei que só pudesse mudar de província depois de tirar a cidadania pq como cidadão aí sim eu poderia morar onde eu quisesse do Canada. Sem contar que essa parte de não poder morar em Quebec indo pelo federal está no site cic.gov.ca
      >Skilled workers and professionals
      For people who want to settle and work in Canada (outside of Quebec)

      Daí eu achei que fosse uma regra clara. Mas se eu puder mesmo ir pra Quebec pelo federal beleza! \o/

      Ela.

      • Não, não… Tu tá misturando tudo, menina… É informação demais! hehehe!

        Esse outside of Québec só quer dizer que, como o processo de Québec é mais aberto e mais rápido (ou pelo menos era) que o Federal, quem quer ir pra lá é mais fácil entrar pelo processo de Québec que é independente, tendeu? Mas não significa que quem vai pelo Federal não pode ir pra Québec… 🙂

        Quanto ao visto de residente permanente, mais uma vez, ele vale para o PAÍS e não para a província. Federal ou provincial, depois que recebe o visto, você é uma residente do Canadá e o Canadá é toda e qualquer província. 🙂

        A única diferença entre ser residente e ser cidadão é o lance das eleições e alguns cargos públicos. Um residente permante tem todos os direitos de um cidadão (nascido no Canadá ou não), só não pode votar e, consequentemente, ser eleito e não pode exercer alguns (não todos, só alguns!) cargos públicos.

        É por isso mesmo que o processo por Manitoba é mais difícil: você tem que ir lá e convencer os caras que, depois de receber o visto você NÃO VAI sair correndo para outra província. Poder você pode e ninguém vai te impedir, mas é anti-ético. A mesma coisa o Québec: depois de receber o visto você pode pegar o avião aqui no Brasil e ir direto pra Calgary, mas é muito mal-visto.

        Sacou? 😉
        Beijinhos!

      • Realmente é muita informação e a pessoa ta pirando aqui!!! Uma paranoia de cada vez!!
        O que você falou faz sentido e eu precisava de ver tudo explicadinho com calma por quem conseguiu não se perder no mundo de links e informações da imigração. O que eu faria sem vc! =)

        obrigadãaaaao!!!! =D

        Ela.

  2. Aproveita a viagem para conhecer os lugares que vc imagina morar porque a decisão não é fácil. Eu me apaixonei por vários, mas sempre com um “viés de alta” para Montreal 😉

Participe do blog, deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s